(21) 2613-6340     (21) 96488-4241     sbdfl@sbdfl.org.br
   

Saúde na escola mobiliza 18 milhões de estudantes no combate ao Aedes aegypti

As escolas públicas também estão envolvidas no combate ao mosquito Aedes aegypti. A partir desta segunda-feira (7) até 11 de março acontece a Semana Saúde na Escola, que marca o lançamento das ações do Programa Saúde na Escola. Mais de 18 milhões de educandos em 4.787 municípios estarão envolvidos em atividades com a comunidade escolar e equipes de saúde da Atenção Básica, fortalecendo a mobilização no controle do vetor. Ao todo, será disponibilizado R$ 83 milhões para as 78 mil escolas que fazem parte do Programa manter a iniciativa ao longo deste ano. “A forma mais eficaz de prevenção e…

Leia Mais

A SBDFL apoia a luta do HUPE

O Hospital Universitário Pedro Ernesto – HUPE enfrenta imensas dificuldades devido aos problemas político-econômicos vividos em nosso país. A Sociedade Brasileira de Dermatologia – Regional Fluminense se sensibiliza à situação vivida pelo hospital e reforça sua importância para a formação de dermatologistas no estado do Rio de Janeiro e suas contribuições para a área da saúde. Inaugurado em 1950, o hospital sempre foi referência acadêmica desde a sua criação.  Hoje, é referência em diversas especialidades e um importante núcleo nacional de formação de profissionais na área médica. Nele funcionam 525 leitos e mais de 60 especialidades e subespecialidades. Também possui capacidade…

Leia Mais

Governo gasta R$ 3,89 ao dia na saúde de cada brasileiro

Os governos federal, estaduais e municipais aplicaram, em 2014, por dia R$ 3,89 per capita para cobrir as despesas públicas com saúde dos mais de 204 milhões de brasileiros. Ao todo, o gasto por pessoa em saúde naquele ano foi de R$ 1.419,84. É o que aponta o mais recente estudo do Conselho Federal de Medicina (CFM), feito em parceria com a ONG Contas Abertas, a partir de informações sobre as despesas apresentadas pelos gestores à Secretaria do Tesouro Nacional, do Ministério da Fazenda, por meio de relatórios resumidos de execução orçamentária. A atuação do Brasil, segundo os dados mais…

Leia Mais

Novos procedimentos em dermatologia

A cada ano inúmeros novos medicamentos e procedimentos são incorporados ao arsenal terapêutico da medicina. Muitos, devido a suas comprovadas eficácia e utilidade, são naturalmente agregados às práticas médicas, enquanto outros tantos são abandonados. Alguns medicamentos e, sobretudo, aparelhos e instrumentos surgem da prática diária de clínicas e hospitais em que a observação clínica possibilita aperfeiçoamento de terapêuticas que visam à promoção da saúde e bem-estar dos seres humanos. O aparecimento frequente de aparelhos, instrumentos e objetos desenvolvidos por profissionais da saúde e que, posteriormente, por sua comprovada eficácia, são patenteados e comercializados, além de medicamentos e equipamentos importados e…

Leia Mais

Ajude a incluir a psoríase nos Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas

A Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS – CONITEC estará realizando, até o dia 29 de fevereiro, uma enquete com o objetivo de receber contribuições para atualização dos Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas (PCDT) publicados em 2012 e 2013. A PSORÍASE está entre as doenças indicadas para a atualização. Isso significa a inclusão de novos medicamentos para o tratamento da doença. Para participar é muito simples, basta clicar aqui. É super rápido! Desta forma, você estará cooperando para a construção de um sistema de saúde mais fortalecido e para a formação de pessoas cada vez mais conscientes…

Leia Mais

Orçamento previsto para Saúde cai R$ 2,5 bilhões em 2016

O Ministério da Saúde inicia o ano de 2016 com um déficit de pelo menos R$ 2,5 bilhões em seu orçamento. Segundo a Lei Orçamentária Anual (LOA) sancionada em janeiro, a pasta conta com a previsão de R$ 118, 5 bilhões – cifra 2% menor que a estabelecida no ano passado (R$ 121 bilhões). Pelo extrato das contas do Ministério, conforme tem revelado frequentemente o Conselho Federal de Medicina (CFM), acredita-se que, até o fim do ano, novos cortes e contingenciamentos comprometam ainda mais o financiamento do Sistema Único de Saúde (SUS). No ano passado, por exemplo, cerca de R$…

Leia Mais

Comissão de Assuntos Políticos do CFM define prioridades para 2016

A Comissão de Assuntos Políticos (CAP) considerou a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 454/2009, da carreira de Estado, como prioridade dos trabalhos para 2016. A avaliação é de que se trata de tema de grande interesse da categoria ao inserir na legislação mecanismos que estabelecem vínculo com o Estado, ingresso por concurso público e regime de dedicação exclusiva. A matéria está pronta para ser incluída na pauta de votações do Plenário da Câmara dos Deputados. As entidades médicas trabalham para sensibilizar os parlamentares nos estados. “Nos empenhamos para fortalecer nossa base de apoio e, assim, pautar a PEC o…

Leia Mais

SBDFL presente na reinauguração da sede da SBDRJ

A SBDFL, representada pelo seu presidente, Roberto Souto, e vice presidente, João Sodré, esteve presente na comemoração da reinauguração da sede da SBDRJ. O evento aconteceu no dia 23/01, sábado, no próprio local, onde os convidados foram recebidos com um coquetel de boas vindas e participaram da cerimônia de homenagens aos antigos presidentes da regional carioca. Para ver as fotos do evento clique aqui.  …

Leia Mais

CFM e AMB alertam médicos sobre os contratos com operadoras de planos de saúde

Os médicos que atuam na Saúde Suplementar devem estar atentos às novas regras para contratos escritos firmados com as operadoras de planos de assistência à saúde. Para representantes do Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Associação Médica Brasileira (AMB), há uma grande preocupação com possíveis contratos que não contemplem a cláusula de livre negociação entre as partes ou que proponham fracionamento do índice a ser aplicado no reajuste de honorários. “Pedimos que os médicos não assinem contratos que não contemplem a cláusula de livre negociação entre as partes ou que proponham fracionamento de qualquer indicador. O índice regulamentado pela Agência Nacional de Saúde…

Leia Mais

SP tem primeira suspeita de microcefalia por zika vírus

O Estado de São Paulo registrou o primeiro caso suspeito de microcefalia relacionado ao zika cuja transmissão do vírus teria ocorrido dentro do território paulista. A suspeita surgiu porque a gestante não tem histórico de viagem para o Nordeste ou outros Estados atingidos pela doença. A criança nasceu há cerca de um mês em uma maternidade de Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo, com perímetro cefálico de cerca de 28 centímetros. O bebê foi posteriormente avaliado por uma equipe do Hospital São Paulo, vinculado à Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), que verificou indícios de microcefalia relacionada ao zika.

Leia Mais
X