(21) 2613-6340     (21) 96488-4241     sbdfl@sbdfl.org.br
   

Um jeito rápido e fácil de diagnosticar a queda de cabelo

Hoje a dermatologia conta com uma das mais avançadas tecnologias para diagnosticar, de forma precoce e imediata, a temida alopecia – queda de cabelo e calvície. A chamada Tricoscopia é um exame que permite examinar detalhes do couro cabeludo que são imperceptíveis ao exame clínico tradicional. Isso permite saber a dimensão da perda de cabelo e então decidir sobre o tratamento em cada caso.

Uma das principais vantagens dessa técnica além da precisão, é que ela não é invasiva. Ou seja, não carece de barbeamento, depilação ou biópsia. Além disso, é possível realizá-la no próprio consultório.

A tricoscopia tem origem na dermatoscopia, que é o exame para diagnóstico de câncer e outras afecções de pele, incluindo problemas relacionados à queda de cabelo. Chama-se Tricoscopia porque está relacionado à Tricologia – ramo da medicina que trata de pelos e cabelos.

Com o aprimoramento da dermatoscopia para o estudo das patologias do couro cabeludo, hoje é possível observar as características morfológicas do cabelo e a pele que o sustenta com grande aumento e precisão.  O tricoscópio (microscópio com luz polarizada) chega a aumentar os fios em até 400 vezes seu tamanho.

Mais do que uma preocupação estética, a queda capilar pode ser sintoma de doenças sérias como lúpus, sífilis, disfunção na tireoide, entre outras. A alopecia, por causa da condição irreversível, necessita de tratamento e acompanhamento corretos. Além disso, com um diagnóstico precoce, as chances de cura só aumentam.

Fonte: SBDFL

X